Você Já Pode Adquirir o CD - Dupla Honra Cantora Mary Leandro FRETE JÁ INCLUSO - Receba na sua Casa Contato - (83) 9 81168227 Wattsapp- (011) 9 9660-2968 O CD da Cantora Mary

Envie Fotos,Vídeos,Mp3,Blogs,Fóruns,Comunidades,Slides,Eventos,e Compartilhe com sua Igreja ,Ministério,Familiares e as Suas Redes Sociais

Aniversários

Não há aniversários hoje

Lição 10 - Maria, Irmã de Lázaro, uma Devoção Amorosa

Lição 10 - Maria, Irmã de Lázaro, uma Devoção Amorosa
2º Trimestre de 2017 - Título: o Caráter do Cristão - Moldado Pela Palavra de DEUS e Provado Como Ouro
Comentarista: Pr. Elinaldo Renovato de Lima (Pr.Pres.ADPAR - Assembleia de DEUS em Parnamirim/RN)
Complementos, ilustrações e vídeos: Pr. Luiz Henrique de Almeida Silva - 99-99152-0454

http://ebdnatv.blogspot.com.br/2017/05/figuras-da-licao-10-maria-ir... Figuras da Lição 10, Maria
https://www.youtube.com/playlist?list=PL9TsOz8buX18xfQpJ6pCto69keiJ... vídeos da lição

TEXTO ÁUREO
"Então, Maria, tomando uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de JESUS e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento." (Jo 12.3).

VERDADE PRÁTICA
Maria, de Betânia, é exemplo do crente que dá prioridade a JESUS em sua vida, e lhe oferece o melhor em gratidão por seu amor.

LEITURA DIÁRIA
Segunda - Mt 6.33 Em primeiro lugar, o Reino de DEUS
Terça - Hb 13.2 O valor da hospitalidade
Quarta - Sl 100.2 Servindo ao Senhor com alegria
Quinta - Mt 4.4 A Palavra do Senhor alimenta
Sexta - Lc 8.41 Prostrado aos pés de JESUS
Sábado - Jo 13.5 A humildade de JESUS

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - João 12.1-11
1 - Foi, pois, JESUS seis dias antes da Páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera e a quem ressuscitara dos mortos. 2 - Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. 3 - Então, Maria, tomando uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de JESUS e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento. 4 - Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: 5 - Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros, e não se deu aos pobres? 6 - Ora, ele disse isso não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão, e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. 7 - Disse, pois, JESUS: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto. 8 - Porque os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes. 9 - E muita gente dos judeus soube que ele estava ali; e foram, não só por causa de JESUS, mas também para ver a Lázaro, a quem ressuscitara dos mortos. 10 - E os principais dos sacerdotes tomaram deliberação para matar também a Lázaro, 11 - porque muitos dos judeus, por causa dele, iam e criam em JESUS.

OBJETIVO GERAL - Apresentar Maria como exemplo do crente que oferece a DEUS ?sempre o melhor em forma de gratidão por seu amor.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Mostrar o exemplo de Maria de Betânia ao escolher a melhor parte;
Saber que Maria foi a mulher que ungiu o Senhor JESUS;
Apontar o caráter humilde de Maria.

INTERAGINDO COM O PROFESSOR
Prezado professor, na lição de hoje estudaremos o caráter de Maria de Betânia. Maria foi uma mulher que honrou JESUS colocando-o acima de toda e qualquer prioridade. Sua atitude de ficar aos pés do Salvador, ouvindo-o e aprendendo, revelou o seu desejo de querer estar mais perto do Filho de DEUS, em íntima comunhão com Ele. Como está sua comunhão com o Pai e o Filho? Você tem alegria e prazer em estar em sua presença para adorá-lo pelo o que Ele é? Maria amava ao Senhor e sabia como demonstrar, em seus gestos e atitudes, seu amor altruísta. Ao ungir os pés de JESUS com um unguento de boa qualidade e caro, ela demonstrou amar mais a JESUS e as pessoas do que os seus bens materiais. Que o nosso amor pelo Mestre seja maior do que por nossos bens materiais e ministérios.

PONTO CENTRAL - Devemos oferecer a DEUS sempre o melhor.

Resumo da Lição 10 - Maria, Irmã de Lázaro, uma Devoção Amorosa
I - O EXEMPLO DE MARIA DE BETÂNIA
1. Maria "escolheu a boa parte".
a) JESUS na casa de Maria.
b) Maria prefere ficar aos pés de JESUS.
2. Maria deu prioridade a JESUS.
3. Mais "Martas" do que "Marias".
II - MARIA, A MULHER QUE UNGIU O SENHOR
1. Maria ungiu os pés de JESUS.
a) Uma ceia para JESUS.
b) Maria unge os pés de JESUS.
c) JESUS aprova o gesto de Maria.
2. Maria ungiu a cabeça de JESUS.
3. Devemos oferecer o melhor a JESUS.
III - O CARÁTER HUMILDE DE MARIA
1. Maria, uma mulher humilde.
2. Maria não revidou as críticas da irmã.

SÍNTESE DO TÓPICO I - O crente deve seguir o exemplo de Maria de Betânia que preferiu ficar aos pés de JESUS.
SÍNTESE DO TÓPICO II - Maria foi a mulher que em um gesto de adoração ungiu os pés de JESUS.
SÍNTESE DO TÓPICO III - Maria demonstrou ter um caráter humilde e fiel a DEUS.

CONHEÇA MAIS - *A oferta de Maria
"A oferta que provavelmente representou a economia de toda a sua vida, quinhentos denários (gregos), era uma quantia bastante grande para uma pessoa comum. O motivo é simples, porém profundamente significativo. Maria queria oferecer o melhor para JESUS." Para conhecer mais leia, Guia do Leitor da Bíblia, CPAD, p. 689.
"JESUS respondeu de forma amorosa mas cheia de ensino precioso, que Maria escolhera “a boa parte, a qual não lhe será tirada'.

SUBSÍDIO BIBLIOLÓGICO

SUBSÍDIO DIDÁTICO
Professor, para tornar a aula mais dinâmica, interativa e introduzir o terceiro tópico da lição, faça as seguintes perguntas: "Como Maria reagiu diante da queixa e incompreensão de sua irmã em relação a sua atitude de ficar aos pés de JESUS ouvindo-o?" "Como devemos agir quando as pessoas, até mesmo da nossa família, não compreendem nossas atitudes em relação a JESUS e ao serviço cristão?" Enfatize que assim como Maria, nem sempre somos bem compreendidos pelas pessoas. Mas é diante das incompreensões e julgamentos que temos de revelar o nosso caráter cristão. Ao que tudo indica Maria não tentou se defender ou retrucou sua irmã. Porém, o próprio Senhor JESUS a defendeu e procurou valorizar suas atitudes. Depois de conversar com os alunos a respeito das atitudes de Maria, distribua as cópias do quadro abaixo. Utilize para refletir com os alunos as características do caráter de Maria e as lições que podemos aprender com suas atitudes.

PARA REFLETIR - A respeito de Maria, irmã de Lázaro, uma devoção amorosa, responda:
De que tipo de crente Maria é exemplo?
Do crente que prefere ouvir as palavras de JESUS.
Com que Maria ungiu os pés de JESUS?
Com unguento de nardo puro, de muito preço.
Como JESUS viu o gesto de Maria?
Ele aprovou e disse que ela o ungira para a sepultura.
Que disse JESUS, quando Maria ungiu sua cabeça?
Que, onde o evangelho for pregado, seu gesto será lembrado.
O que representa a oferta de Maria?
As economias de todo uma vida.

CONSULTE - Revista Ensinador Cristão - CPAD, nº 70, p41.

SUGESTÃO DE LEITURA
Como ter o Coração de Maria no Mundo de Marta
JESUS o Amado da Alma da Mulher
Comentário Bíblico - João

Resumo Rápido da Lição 10 - Maria, Irmã de Lázaro, uma Devoção Amorosa, Pr. Henrique

INTRODUÇÃO
Estudaremos hoje sobre Maria, a irmã de Lázaro e Marta, que morava em Betânia, a 3 quilômetros de Jerusalém. Analisaremos sua recepção de JESUS em sua casa, sua adoração a JESUS e sua preparação para o sepultamento de JESUS. também veremos as duas vezes que Maria ungiu JESUS e a rejeição tanto por parte de Judas quanto dos outros discípulos a esse gesto de adoração e preparação para o sepultamento de JESUS. Veremos que JESUS elogiou sua atitude e disse que isso não lhe seria tirado.

PERGUNTAS PARA A LIÇÃO
O que eu faço quando sei que JESUS está em minha casa? Que hora sinto mais que JESUS está em minha casa? Eu tenho pelo menos uma hora por dia para sentir a presença de JESUS em minha casa? Eu consigo ouvir JESUS falando comigo em minha casa? Eu ofereço a JESUS prioridade em minha casa? Eu leio e medito no que JESUS fala comigo, pela sua palavra, em minha casa? Eu já ouvi a voz de JESUS falando comigo em minha casa? Você trabalha para JESUS ou com JESUS?

LEITURAS BÍBLICAS IMPORTANTES PARA A LIÇÃO

Lucas 10:38-42 - Maria - irmã de Lázaro
E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou JESUS numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de JESUS, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo JESUS, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

João 12.1-11 - Maria - irmã de Lázaro
1 - Foi, pois, JESUS seis dias antes da Páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera e a quem ressuscitara dos mortos. 2 - Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele. 3 - Então, Maria, tomando uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de JESUS e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento. 4 - Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: 5 - Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros, e não se deu aos pobres? 6 - Ora, ele disse isso não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão, e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava. 7 - Disse, pois, JESUS: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto. 8 - Porque os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes. 9 - E muita gente dos judeus soube que ele estava ali; e foram, não só por causa de JESUS, mas também para ver a Lázaro, a quem ressuscitara dos mortos. 10 - E os principais dos sacerdotes tomaram deliberação para matar também a Lázaro, 11 - porque muitos dos judeus, por causa dele, iam e criam em JESUS.

Mateus 26.6-12 - Maria - irmã de Lázaro
E, estando JESUS em Betânia, em casa de Simão, o leproso, Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. E os seus discípulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Por que é este desperdício? Pois este ungüento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres.
JESUS, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? pois praticou uma boa ação para comigo. Porquanto sempre tendes convosco os pobres, mas a mim não me haveis de ter sempre. Ora, derramando ela este ungüento sobre o meu corpo, fê-lo preparando-me para o meu sepultamento.

Marcos 14:1-9 - Maria - irmã de Lázaro
E dali a dois dias era a páscoa, e a festa dos pães ázimos; e os principais dos sacerdotes e os escribas buscavam como o prenderiam com dolo, e o matariam. Mas eles diziam: Não na festa, para que porventura não se faça alvoroço entre o povo. E, estando ele em Betânia, assentado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher, que trazia um vaso de alabastro, com ungüento de nardo puro, de muito preço, e quebrando o vaso, lho derramou sobre a cabeça. E alguns houve que em si mesmos se indignaram, e disseram: Para que se fez este desperdício de ungüento? Porque podia vender-se por mais de trezentos dinheiros, e dá-lo aos pobres. E bramavam contra ela. JESUS, porém, disse: Deixai-a, por que a molestais? Ela fez-me boa obra. Porque sempre tendes os pobres convosco, e podeis fazer-lhes bem, quando quiserdes; mas a mim nem sempre me tendes. Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura. Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória.

Lucas 7.36-40 - MULHER PECADORA - OUTRA MULHER - OUTRA OCASIÃO - OUTRO LUGAR - GALILÉIA - TALVEZ EM NAIM - NÂO É NOSSO ASSUNTO DESTA LIÇÂO.
E rogou-lhe um dos fariseus que comesse com ele; e, entrando em casa do fariseu, assentou-se à mesa. 37 E eis que uma mulher da cidade, uma pecadora, sabendo que ele estava à mesa em casa do fariseu, levou um vaso de alabastro com ungüento; 38 E, estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas, e enxugava-lhos com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés, e ungia-lhos com o ungüento. 39 Quando isto viu o fariseu que o tinha convidado, falava consigo, dizendo: Se este fora profeta, bem saberia quem e qual é a mulher que lhe tocou, pois é uma pecadora. E respondendo, JESUS disse-lhe: Simão, uma coisa tenho a dizer-te. E ele disse: Dize-a, Mestre

Na lição desta semana é muito importante não confundir a mulher pecadora que ungiu JESUS com a irmã de Lázaro, Maria, que ungiu JESUS por duas vezes. Primeira vez em sua própria casa (ungiu os pés - 6 dias antes da páscoa), segunda vez na casa de Simão, o leproso (ungiu a cabeça - 2 dias antes da páscoa), ambas as vezes em Betânia, aldeia a 3 Km de Jerusalém, perto do Monte da Oliveiras.
Primeira unção de Maria - faltava seis dias para a Páscoa - Casa de Lázaro - Derramou sobre seus pés.
Segunda unção de Maria - faltava dois dias para a Páscoa - Casa de Simão - Derramou sobre sua cabeça.
Todo dia JESUS ia a Jerusalém e voltava para Betânia para dormir (complementando também sua alimentação).

Seis dias antes de Morrer JESUS estava ali.
Na casa de Lázaro (ressuscitado dias antes - tinha morrido e JESUS o havia ressuscitado) e suas irmãs Marta e Maria.
Ceia para JESUS - Marta servia
Lázaro à mesa e Maria aos pés.
Uma libra de unguento de nardo puro, de muito preço - 300 dinheiros (avaliado por Judas - derramou parte do unguento nesta ocasião e a outra parte dois dias antes da páscoa na casa de Simão, o leproso, agora sobre a cabeça de JESUS).
Maria prestava legítima adoração - o que tinha de mais precioso dava a JESUS.
Maria sempre era encontrada aos pés de JESUS quando ELE ali estava e ali recebeu revelações.
Ungiu os pés de JESUS e enxugou com os cabelos. Também derramou o perfume sobre a cabeça de JESUS na casa de Simão o Leproso - Mt 26.7 aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa.) E, estando JESUS em Betânia, em casa de Simão, o leproso,
O perfume invadiu o ambiente, perfumou os pés de JESUS e os cabelos de Maria - unção de DEUS se espalha quando há adoração legitima.
JESUS haveria de morrer dali a pouco menos de uma semana e estava na verdade sendo ungido para isso.
Lázaro passou a ser alvo de morte por ser amigo de JESUS e por ser testemunho vivo de seu poder.

Há quem até chegue a confundir os três acontecimentos, o de Maria de Betânia, em duas ocasiões, com a mulher pecadora, mas se porventura fizéssemos um paralelo entre as três narrativas veríamos que ainda que as diferenças sejam poucas, são cruciais para podermos discernir e perceber que uma história não pode de forma alguma ser ligada com as outras, veja:
Casa de Lázaro (6 dias antes da páscoa - Aqui Maria lava os pés de JESUS) - Cidade: Betânia
Casa de Simão Leproso (2 dias antes da páscoa - Aqui Maria lava a cabeça de JESUS) -Cidade: Betânia
Convidados: JESUS, Lázaro, Marta, Maria e os discípulos.
Casa de um fariseu, talvez em Naim. Não estava ali ninguém da família de Lázaro registrado. É uma das três vezes que JESUS fora ungido para seu sepultamento que se daria após sua morte.
VEJA
Casa: Simão Fariseu
Cidade: Possivelmente Naim
Convidados: JESUS e não descritos.

Observação do Pr. Henrique - Realmente Maria comprara este unguento não para ser usado em seu próprio corpo, mas para ser usado na morte e sepultamento de JESUS. Tinha comprado recentemente óleo para ungir seu irmão Lázaro que havia falecido - este era o costume. Deve ter aproveitado para comprar para ungir JESUS também. Quando JESUS chega ali em sua casa, ela, movida pelo ESPÍRITO SANTO, lhe ungiu em adoração e executando assim um ato profético. Ela recebera a revelação de sua morte. era uma mulher salva e em intima comunhão com JESUS.
Para melhorar mais o entendimento correto. Veja que nem Marta e nem Maria foram ungir JESUS - Maria já tinha feito isso.
Marcos: 16. 1. Ora, passado o sábado, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. 2. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro muito cedo, ao levantar do sol.
Maria sabia da morte e sepultamento de JESUS em Breve porque o ESPÍRITO SANTO a inspirou, ela sabia muito bem o que estava fazendo? Estava querendo prestar sua última adoração ao Senhor - Creio que isto é o mais correto afirmar, pois JESUS testificou que ele havia comprado o unguento para seu sepultamento.
Disse, pois, JESUS: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto; João 12.7
Ora, derramando ela este ungüento sobre o meu corpo, fê-lo preparando-me para o meu sepultamento. Mateus 26:12
Quem passa horas na presença de JESUS adorando-o e ouvindo-o recebe revelação e unção).
Comentário Bíblico de John Macarthur - "Deixai-a, para que ela possa mantê-lo para o dia da minha sepultura." JESUS obviamente, não quer dizer que Maria iria manter o perfume (ou pelo menos parte dele) até seu sepultamento, desde que ela tinha acabado de servir (cf. Mc 14: 3). Enquanto comentaristas discordam sobre como entender essas palavras, a solução mais satisfatória é entender reticências na declaração do Senhor. Suprindo as palavras que faltam, o sentido seria: "Deixa-a, ela não vai vender o perfume [como você gostaria que ela fizesse], de modo que pudesse mantê-lo para o dia da minha sepultura" (cf. DA Carson, O Evangelho De acordo com João, O Pillar New Testament Commentary (Grand Rapids: Eerdmans, 1991), 429-30; cf. Andreas J. Köstenberger, João, Baker Exegetical Comentário ao Novo Testamento [Grand Rapids: Baker, 2004], 363-64 ).
Ato de Maria foi uma espontânea manifestação de seu amor e devoção a CRISTO. No entanto, como profecia involuntária de Caifás (11: 49-52), que tinha um significado mais profundo. Em Mateus 26:12 JESUS disse: "Quando ela derramou este perfume sobre o meu corpo, fê-lo a preparar-me para o enterro" (cf. Mc 14: 8). O enterro dos quais JESUS falou profeticamente não era uma introdução efetiva do Seu corpo no sepulcro, mas a unção que ela tinha acabado de fazer, que ele via como um símbolo de Sua breve volta morte e sepultamento. Parte dos gastos pródigos associados a muitos funerais do primeiro século foi o custo de perfumes para mascarar o odor de decomposição (cf. João 11:39). Este ato por Maria, como no caso de Caifás (11: 49-52) revelou uma realidade muito maior do que ela percebeu a tempo. Sua unção prefigurava aquele José de Arimatéia e Nicodemos viria a cumprir, em seu corpo após a morte de JESUS (João 19: 38-40).
Comentário Bíblico Wesleyana - Portanto, ela tinha decidido guardar o bálsamo para o dia do sepultamento de seu Senhor.
Comentário Bíblico TT W. W. Wiersbe - Maria ungiu tanto a cabeça quanto os pés de JESUS. Foi um gesto do mais puro amor, pois ela sabia que o seu Senhor estava prestes a suportar grande sofrimento e a morrer
Comentário Bíblico - Matthew Henry (Exaustivo) AT e NT - 1. CRISTO interpreta o que ela fez de uma maneira favorável, da qual aqueles que a condenavam não tinham consciência: “Para o dia da minha sepultura guardou isto”. Ou: “Ela reservou isto para o dia em que Eu for embalsamado”, segundo o Dr. Hammond. “Vocês não lamentam o ungüento usado para embalsamar seus amigos mortos, nem dizem que ele deveria ser vendido ou dado aos pobres. Este ungüento tinha este propósito, ou, pelo menos, isto pode ser assim interpretado, pois o dia do meu sepultamento está próximo, e ela ungiu um corpo que já está praticamente morto”. Observe que: (1) Nosso Senhor JESUS pensava muito e freqüentemente sobre sua própria morte e sobre seu sepultamento. Seria bom que nós também fizéssemos isto. (2) A Providência freqüentemente abre assim uma porta de oportunidades aos bons cristãos, e o ESPÍRITO da graça abre assim seus corações, para que as expressões do seu zelo piedoso provem ser mais oportunas, e mais belas, do que qualquer previsão que se pudesse fazer delas. (3) A graça de CRISTO coloca gentis comentários sobre as palavras e ações piedosas das pessoas boas, e não somente aproveita ao máximo o que está incorreto, mas tira o maior proveito do que é bom.
2. Ele dá uma resposta adequada à objeção de Judas, v. 8. (1) Está ordenado, no reino da Providência, que sempre tenhamos conosco os pobres, e que um ou outro sejam objetos de caridade (Dt 15.11). Estes existirão, enquanto aqui houver, neste estado desvirtuado da humanidade, tanta loucura e tanto sofrimento. (2) Está ordenado, no reino da graça, que a igreja não teria sempre a presença física de JESUS CRISTO. “A mim não me haveis de ter sempre, mas somente por um pouco” Observe que precisamos de sabedoria, quando duas tarefas competem entre si, para saber a qual delas dar a preferência, o que deve ser determinado pelas circunstâncias. As oportunidades devem ser aproveitadas, e primeiro e mais vigorosamente aquelas que provavelmente terão a duração mais curta, e que podemos ver mais rapidamente concluídas. O bom dever que pode ser feito a qualquer momento deve ceder o lugar para aquele que não poderá ser feito, a menos que seja agora.
Comentário Bíblico BEP - CPAD- 12.3 MARIA... UNGIU OS PÉS DE JESUS. O ato de Maria ungir os pés de JESUS foi um grande sacrifício, pois o seu ungüento ou perfume era muito caro. Ela sabia que dentro em breve terminaria a sua oportunidade de expressar devoção a JESUS; então, aproveitou a oportunidade que teve.

Observação do Pr. Henrique - Ser amigo de JESUS pode lhe custar a vida. Se apenas receber um milagre de JESUS, pode lhe custar perseguição e morte.
João 12.10 - E os principais dos sacerdotes tomaram deliberação para matar também a Lázaro, 11 - porque muitos dos judeus, por causa dele, iam e criam em JESUS.

Observação do Pr. Henrique - Maria, Marta e Lázaro - representam - adoração, serviço e testemunho. O evangelho é assim vivido e pregado.

I - O EXEMPLO DE MARIA DE BETÂNIA
1. Maria "escolheu a boa parte". JESUS visitava Lázaro de vez em quando. Se tornou seu amigo e de suas irmãs Marta e Maria. Na bíblia vemos pelo menos 3 visitas de JESUS à casa de Lázaro. Para uma ceia, depois para ressuscitar Lázaro e depois para ceiar novamente. Como Jerusalém era bem pertinho, JESUS podia ir até lá sempre que desejasse (3 Km de distância de Jerusalém a Betânia).
a) JESUS na casa de Maria. Parece que a casa era de Marta ou que Marta por ser mais idosa, recebia os convidados. Também podemos entender que JESUS estava ali a convite de Marta (Lucas 10.38 - E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou JESUS numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa.) Os convidados eram pelo menos 13, JESUS e seus discípulos. como veremos Maria com um perfume caríssimo guardado para os sepultamento de JESUS.
b) Maria prefere ficar aos pés de JESUS. A posição preferida de Maria é assentada. Está assentada aos pés de JESUS quando está em sua casa. está assentada em casa quando JESUS chega para ressuscitar Lázaro, está assentada aos pés de JESUS quando Lhe unge os pés.

POSIÇÃO PREFERIDA DE MARIA - SEMPRE ASSENTADA

Lucas 10:39 - E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual,
assentando-se também aos pés de JESUS, ouvia a sua palavra. João 11:20 -
Ouvindo, pois, Marta que JESUS vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém,
ficou assentada em casa.

João 12.3 Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de
nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de JESUS, e enxugou-lhe os pés com
os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento. JESUS ELOGIA SUA
POSIÇÃO PORQUE QUANDO JESUS ESTÁ EM NOSSA CASA A PRIORIDADE É DELE E PARA
ELE.
MARTA SEMPRE ESTAVA OCUPADA NOS AFAZERES DOMÉSTICOS - Marta não aceitava a atitude da irmã, ela queria ajuda nos afazeres domésticos e não conseguia entender a prioridade ali.
JESUS A CENSUROU POR ISSO, PORQUE A COMIDA MATERIAL NÃO É MAIS IMPORTANTE DO QUE A COMIDA ESPIRITUAL.
Lucas 10:39-42 E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de JESUS, ouvia a sua palavra. Marta, porém, andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude. E respondendo JESUS, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.
João 12.2 Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele.

2. Maria deu prioridade a JESUS.
JESUS deve ter prioridade em nosso lar, em nosso tempo, em nosso dinheiro, em nosso amor, em nosso coração. Quando JESUS chegou Maria se dedicou integralmente a ELE. Nada mais importava. Comida foi esquecida, cidade e amigos foram esquecidos. Família foi esquecida. JESUS chegou!
Dizemos que somos cristãos – imitadores de CRISTO? Em que o imitamos? Em que somos parecidos com ELE?
Nos jejuns? Na muita oração, Nos milagres? Na evangelização? Nos sofrimentos? Nas perseguições? Na falta de ter onde dormir?
Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz de uma terra seca; não tinha beleza nem formosura e, olhando nós para ele, não havia boa aparência nele, para que o desejássemos.
Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum. Isaías 53:2,3
7 Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca. Como DEUS ungiu a JESUS de Nazaré com o ESPÍRITO SANTO e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque DEUS era com ele. Atos 10:38
O ESPÍRITO do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados de coração, Lucas 4:18
E curou muitos que se achavam enfermos de diversas enfermidades, e expulsou muitos demônios, porém não deixava falar os demônios, porque o conheciam. Marcos 1:34

Dar prioridade a JESUS significa tê-lo em primeiro e principal lugar em nossas vidas.

3. Mais "Martas" do que "Marias".
Na modernidade temos visto a ocupação exagerada dos cristãos com a parte financeira. O consumismo tomou conta das famílias. Celular modelo novo e tecnologia atualizada todos os dias. Tablets e computadores modernos a cada dia, TV maior e com mais tecnologias, Carros mias possantes e com maior tecnologia e assim por diante. É uma disputa pelo mais novo, pelo mais moderno, pelo mais tecnológico, pelo mais atual. Assim as famílias passaram a trabalhar mais e as tarefas domésticas de cada membro foram sendo adotadas a novas realidade. A esposa antes cuidava e educava seus filhos nos lares, inclusive com as lições do colégio secular e também com o ensino religioso. Isso foi sendo deixado de lado, substituído por empregos fora do lar, cabendo à TV e computadores e celulares a tarefa da educação no lar. Os pais que eram referência na autoridade familiar e na parte sacerdotal do lar não tem mais tempo para sua família. Resultado lógico na igreja e na sociedade, o caos. Não há mais o princípio de autoridade no lar, nem na igreja, nem na sociedade em geral. Filhos se desviam do evangelho na adolescência e não respeitam mais seus pais e idosos.
Cultos domésticos acabaram. Leitura bíblica e oração em casa acabaram. Parece que se esqueceram de colocar JESUS dentro dos lares. Ficou trancado lá fora, batendo à porta. realmente existem muitíssimas Martas. Até trabalham na igreja e para a igreja, mas não têm mais tempo para falar com JESUS, para ouvir JESUS, para adorarem a JESUS. JESUS é a cabeça do lar e da igreja.
A Escola Bíblica Dominical enfrenta sua pior crise de assistência, não atinge mais nem 40% de frequência dos membros da igreja. justamente na época de maior ajuda exterior, as redes sociais na internet.
COLOQUEMOS JESUS PARA DENTRO DE NOSSOS LARES URGENTEMENTE ANTES QUE VOLTE E NOS ACHE EM NEGLIGÊNCIA. TEMOS QUE TER MAIS MARIAS DO QUE MARTAS. MAIS QUALIDADE DO QUE SERVIÇO. MAIS ESPIRITUALIDADE DO QUE MATERIALISMO. MAIS INTIMIDADE DO QUE INTELECTUALIDADE.

II - MARIA, A MULHER QUE UNGIU O SENHOR
1. Maria ungiu os pés de JESUS.
"Foi, pois, JESUS seis dias antes da Páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera e a quem ressuscitara dos mortos" (Jo 12.1).
NOTE - SEIS DIAS ANTES DA PÁSCOA
NOTE - UNÇÃO NOS PÉS
NOTE - CIDADE - BETÂNIA
NOTE - CASA DE LÁZARO
NOTE - MARTA SERVIA
NOTE - RECLAMAÇÃO DE JUDAS
NOTE - MOTIVO DA UNÇÃO - PARA O DIA DE MINHA SEPULTIURA GUARDOU ISTO.
Aquela família seria agora uma igreja testemunhando o milagre da ressurreição de Lázaro e depois seria testemunho da morte e ressurreição de JESUS. Por isso JESUS deu grande valor àquela visita e a seus anfitriões. Para JESUS estar ali era fácil devido a estar situado o povoado a apenas 3 Km de Jerusalém, na estrada que ia de Jerusalém para Jericó.
a) Uma ceia para JESUS.
Deduzimos facilmente que a ceia foi na casa de Lázaro, pois era em Betânia e Marta servia a mesa e Maria estava aos pés de JESUS.
"Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com ele" (Jo 12.2).
Era uma ocasião especial em que JESUS era o homenageado. JESUS era o mais importante ali. Feliz a casa onde JESUS tem primazia, onde JESUS se assenta à mesa com os donos da casa. Em muitos lares de cristãos modernos JESUS não consegue morar na mesma casa com eles. Não consegue assistir a mesma TV, Não consegue usar o mesmo computador e o mesmo celular.
b) Maria unge os pés de JESUS.
Era agora a terceira visita de JESUS a Betânia, à casa de Lázaro. Já tinha ido para a ceia (Lc 10.38), para ressuscitar Lázaro (Jo 11.20), agora cearia e seria ungido para sua morte.
Foi uma grande surpresa para todos a atitude adoradora de Maria. Ela tinha guardado um vaso de Alabastro contendo nardo puro que custava uma grande soma em dinheiro per ser importado, provavelmente da Índia (alguns chegam a calcular em R$ 15.000,00). Judas o avaliou em trinta dinheiros.
Maria não só quebrou o gargalo do vaso de alabastro ara derramar o perfume como também derramou o óleo nos pés de JESUS, soltou seus cabelos e passou a enxugar os pés de JESUS com eles. Mesa preparada e cabeça ungida, com certeza. O perfume subiu no ar e atingiu as narinas de todos ali (Jo 12.3)..
Observação do Pr. Henrique - É quando ungimos os pés de JESUS com oração e lágrimas que saímos em sua presença com a cabeça ungida pelo ESPÍRITO SANTO e com o cheiro de CRISTO para o mundo). É receber a unção e espalhar esta unção. É receber conhecimento sobrenatural e ensinar.
E graças a DEUS, que sempre nos faz triunfar em CRISTO, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. 2 Coríntios 2:14
Porque para DEUS somos o bom perfume de CRISTO, nos que se salvam e nos que se perdem. 2 Coríntios 2:15.
Maria foi imediatamente repreendida pelo representante maior de Satanás ali - Judas Iscariotes, o traidor.
O tal perfume derramado de "nardo puro" equivalia a cerca de "trezentos denários" na avaliação de Judas, que entendia do assunto. Dava para pagar o salário de um trabalhador durante quase um ano inteiro. O interesse de Judas, conforme o evangelista João, era em roubar aquele dinheiro se fosse o perfume vendido e doado a JESUS o dinheiro (Jo 12.4-6).
c) JESUS aprova o gesto de Maria. O traidor reprovou a generosidade de Maria. Mas JESUS reconheceu a grandeza das intenções do seu coração agradecido. "Disse, pois, JESUS: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto" (Jo 12.7). Pela fé, de forma profética, Maria ungiu antecipadamente o corpo de JESUS para o seu sepultamento. Sua visão era mais ampla e mais profunda. Marta via o amigo e visitante ilustre. Maria via o seu Salvador que haveria de morrer em seu lugar (Jo 19.39). A repercussão da presença de JESUS na casa de Maria foi tão grande que os principais dos sacerdotes deliberaram matar JESUS e também Lázaro (Jo 12.9-11).

2. Maria ungiu a cabeça de JESUS.
"Bem sabeis que, daqui a dois dias, é a Páscoa, e o Filho do Homem será entregue para ser crucificado" (Mt 26.2)
E, estando JESUS em Betânia, em casa de Simão, o leproso, Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com ungüento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. E os seus discípulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Por que é este desperdício? Pois este ungüento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres. JESUS, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? pois praticou uma boa ação para comigo. Porquanto sempre tendes convosco os pobres, mas a mim não me haveis de ter sempre. Ora, derramando ela este ungüento sobre o meu corpo, fê-lo preparando-me para o meu sepultamento. Mateus 26:6-12
Agora veremos a quarta vez que JESUS visita Betânia e vai à casa de Simão, o leproso.
NOTE - DOIS DIAS ANTES DA PÁSCOA
NOTE - UNÇÃO NA CABEÇA
NOTE - CIDADE - BETÂNIA
NOTE - CASA DE SIMÃO, O LEPROSO
NOTE - CONVIDADOS JESUS E OS DISCÍPULOS
NOTE - RECLAMAÇÃO DOS DISCÍPULOS, NÃO MAIS DE JUDAS SÓ.
NOTE - MOTIVO DA UNÇÃO - Ora, derramando ela este ungüento sobre o meu corpo, fê-lo preparando-me para o meu sepultamento.

ESTA MULHER É A MESMA MARIA DE BETÂNIA, IRMÃ DE LÁZARO (Mt 26.6,7; Jo 11.1,2). A Bíblia de Estudo Cronológica, Aplicação Pessoal, em nota sobre Mateus 26.7, confirma esse entendimento.

3. Devemos oferecer o melhor a JESUS.
A adoração implica em oferecer o melhor para JESUS - Abel ofereceu sua vida para DEUS. não podendo oferecer seu próprio sangue, ofereceu o sangue de um animal em lugar do seu. ofereceu uma vida em lugar da sua. Abrão ofereceu o melhor para DEUS. Seu filho amado. JESUS se ofereceu a si mesmo por nós em adoração e obediência a DEUS.
Maria ofereceu o que tinha de mais precioso, unguento de Nardo puro de grande valor comercial. Todas as mulheres sabem do valor que tem um perfume importado para uma mulher. Maria fez um ato profético de ungir JESUS para seu sepultamento por duas vezes antes Dele morrer. primeira vez nos pés. Pé que têm contato com o chão, com a Terra. Formosos os pés do que anunciam o evangelho de JESUS. Ao morrer como homem JESUS estaria agora num corpo glorioso dali para frente. Seu ciclo de corpo de carne e osso normal estaria rompido. Agora tem um corpo glorioso no Céu, à direita de DEUS PAI onde intercede por nós. Na segunda unção Maria unge a cabeça de JESUS. na cabeça está o cérebro, responsável pela inteligência e sabedoria humana. A alma que comanda todo o corpo. JESUS agora estaria junto ao PAI em ESPÍRITO, alma e corpo. As duas unções eram necessárias para seu sepultamento.
No sepultamento o corpo era enrolado a um lençol como uma múmia, mas a cabeça era enrolada em separado com um lenço amarrado da cabeça ao queixo para que a boca não abrisse. eram portanto necessárias duas unções em partes separadas.
Na preparação do corpo de JESUS vemos:
José compra linho fino e tira o corpo de JESUS da estaca. Ele enrola o corpo no linho em preparação para o sepultamento. Nicodemos, ‘que foi ao encontro de JESUS pela primeira vez de noite’, ajuda na preparação. (João 19:39) Ele traz uns 33 quilos de uma mistura cara de mirra e aloés. O corpo de JESUS é enrolado em faixas que contêm esses aromas, conforme os judeus costumam fazer no sepultamento.
José tem um túmulo novo, escavado na rocha, ali perto. E o corpo de JESUS é colocado nele. Então uma grande pedra é rolada até a entrada do túmulo. Isso é feito às pressas, antes de o sábado começar. Talvez Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago, o Menor, ajudem a preparar o corpo. Elas correm para casa a fim de “preparar aromas e óleos perfumados” para passar no corpo de JESUS depois do sábado. — Lucas 23:56.
Bem cedo na manhã de domingo, Maria Madalena, Maria, mãe de Tiago, e outras mulheres vão ao túmulo passar aromas no corpo de JESUS. Dizem umas às outras: “Quem rolará a pedra da entrada do túmulo para nós?” (Marcos 16:3)
João nos diz que haviam lençóis separados de um lenço no túmulo onde antes estava a cabeça de JESUS.
E que o lenço, que tinha estado sobre a sua cabeça, não estava com os lençóis, mas enrolado num lugar à parte. João 20:7
No sepultamento de Lázaro vemos também esta separação
E o defunto saiu, tendo as mãos e os pés ligados com faixas, e o seu rosto envolto num lenço. Disse-lhes JESUS: Desligai-o, e deixai-o ir. João 11:44.

III - O CARÁTER HUMILDE DE MARIA
1. Maria, uma mulher humilde.
Pelo valor do perfume ofertado, pela capacidade de receber convidados e pelo conhecimento que Lázaro e suas irmãs tinham na região como vimos quando Lázaro morreu e quando ressuscitou e também na visita de JESUS em sua casa depois, podemos deduzir que tinham uma boa condição financeira.
Apear disso Maria demonstra ser humilde, pois ao invés de se exibir para suas amigas e concidadãos, ela procurou arrumar um lugar o mais próximo de JESUS possível, ao chão, para escutá-lo e depois para adorá-lo.
Para ela mais valia os ensinos de JESUS e sua companhia do que os banquetes ou festas.
A que valorizamos mais?

2. Maria não revidou as críticas da irmã.
Apesar da reclamação de marta, Maria demonstrou amor e compaixão pela irmã. Não retrucou, não reclamou de volta, não disse nada que ofendesse ou causasse alguma discussão com a irmã. Maria estava envolta em uma nuvem de adoração. Não tinha espaço para intrigas. JESUS respondeu por ela e assim continuou em sua posição de adoração.
"escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada" (Lc 10.42).
O que fazemos quando materialistas nos tentam impedir a adoração e estudo da Palavra de DEUS?

CONCLUSÃO
O Exemplo De Maria De Betânia, Ela "Escolheu A Boa Parte". JESUS esteve Na Casa De Maria. Maria Prefere Ficar Aos Pés De JESUS. Maria Deu Prioridade A JESUS. Existem Mais "Martas" Do Que "Marias". Maria Ungiu O Senhor por duas vezes. Na Primeira vez Maria Ungiu Os Pés De JESUS Numa Ceia Para JESUS. JESUS Aprova O Gesto De Maria. Depois, na casa de Simão, o Leproso, Maria Ungiu A Cabeça De JESUS. Devemos Oferecer O Melhor A JESUS. Prestemos atenção ao Caráter Humilde De Maria. Maria Não Revidou As Críticas Da Irmã.

Comentários de Vários Livros com algumas modificações do Pr. Henrique
Maria - Dicionário Léxicos Strong em Português - Μαρια - Maria ou Μαριαμ - Mariam - de origem hebraica מרים;
Maria = “sua rebelião”
1) Maria, mãe de JESUS
2) Maria Madalena, uma mulher de Magdala
3) Maria, irmã de Lázaro e Marta
4) Maria de Clopas, a mãe de Tiago, o menor
5) Maria, mãe de João Marcos, irmã de Barnabé
6) Maria, cristã romana que é saudada por Paulo em Rm 16.6.
Miriã, exaltada, forte (Dic.Nomes).

Betânia - βηθανια - Bethania - de origem aramaica בית היני; n pr loc - Dicionário Léxicos Strong em Português
Betânia = “casa dos dátiles” ou “casa da miséria”
1) uma vila no Monte das Oliveiras, cerca de 3 Km de Jerusalém, sobre ou próximo ao caminho a Jericó - Onde moravam Lázaro, Marta e Maria.
Alguns traduzem como Casa dos pobres (interpretações), outros como Casa das Tâmaras (interpretações)

Ungüento - Dicionário Léxicos Strong em Português - μυρον - muron - Perfume - Dicionário Léxicos Strong em Português - οσμη osme - fragrância, odor
1) ungüento

Libra - - Dicionário Léxicos Strong em Português - λιτρα - litra - de origem latina [libra]; n f
1) libra, peso de 340 gramas.

Alabastros - αλαβαστρον alabastron - Dicionário Léxicos Strong em Português - de alabastros (de derivação incerta), o nome de uma pedra; n n
1) uma caixa feita de alabastro no qual os ungüentos era preservados Os antigos consideravam que o alabastro era o melhor material para preservar seus ungüentos.
Quebrar a caixa, provavelmente significa quebrar o selo da caixa.
Pedra branca, pouco resistente, parecida com o mármore, usada para fazer esculturas, vasos e jarros (Et 1.6; Mt 26.7). (ILUMINA BÍBLIA)

Na botija tinha uma libra de unguento ou perfume - λιτρα litra - de origem latina [libra]; n f - Dicionário Léxicos Strong em Português
* libra, peso de 340 gramas
Era necessário quebrar o lacre para usar. Uma pequena tampa que não era de encaixe, mas precisava quebrar o gargalo para o líquido sair.

Nardo - ναρδος nardos - Dicionário Léxicos Strong em Português - de origem estrangeira cf 5373; n f
1) nardo, a ponta ou o cacho de uma planta perfumada do leste da Índia que pertence ao gênero Valeriana, que produz um sumo de odor delicioso que os antigos usavam (seja puro ou misturado) na preparação de um precioso ungüento
2) óleo de nardo ou ungüento

Lázaro - λαζαρος Lazaros - provavelmente de origem hebraica -לעזר; n pr m - Dicionário Léxicos Strong em Português
Lázaro = “a quem DEUS ajuda” (uma forma do nome hebraico Eleazar)
1) habitante de Betânia, amado por CRISTO e ressuscitado da morte por ele. Irmão de Marta e de Maria.

Marta - Μαρθα Martha - provavelmente de origem aramaica (significa ama) מרתא; n pr f - Dicionário Léxicos Strong em Português -
Marta = “ela foi rebelde”
1) irmã de Lázaro e Maria de Betânia

Simão - σιμων Simon - de origem hebraica שמעון; n pr m - Dicionário Léxicos Strong em Português
Pedro = “rocha ou pedra”
1) Pedro era um dos apóstolos
2) Simão, chamado Zelote ou Kanaites
3) Simão, pai de Judas, o traidor de JESUS
4) Simão Mago, o mágico samaritano
5) Simão, o curtidor, At 10
6) Simão, o fariseu, Lc 7.40-44
7) Simão de Cirene, que carregou a cruz de CRISTO
8) Simão, o primo de JESUS, o filho de Cleopas
9) Simão, o leproso, assim chamado para distingui-lo dos outros do mesmo nome

Leproso - λεπρος lepros - TDNT - adj - Dicionário Léxicos Strong em Português
1) escameado, áspero
2) leproso, infectado com lepra

sta em maquiar defuntos.

Exibições: 18

Comentar

Você precisa ser um membro de TvMissionaria.org para adicionar comentários!

Entrar em TvMissionaria.org

© 2017   Criado por Gladson e Mary - TvMissionaria.   Ativado por

BANNERS  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço